Volta

Diagnóstico da Hipertensão Reno-Vascular

 

É a hipertensão causada pelo hipofluxo da artéria renal.

Deve ser suspeitado quando temos Hipertensão Arterial Sistêmica:

-          grave em crianças ou adultos jovens ou com inicio acima dos 50 anos ou

-          maligna de inicio abrupto ou

-          piora súbita ou

-          piora da função renal abrupta ou inesplicada ou

-          piora da função renal aos o uso de IECA em pacientes com HAS

-          HAS refratária

-          doença aterosclerótica difusa

-          RIM PEQUENO (em um único lado)

 

Clínico:

-          HAS acima de 160 X 95 nos indivíduos acima descritos

-          Sopro abdominal

 

Laboratorial:

- dosagem da renina sérica.

 

Testes:

Saralasina Þ antagonista direta da angiotensina II

Causa hipotensão na hiperreninemia da HRV

Serve como diagnóstico na HRV causada por hipofluxo uni ou bi-lateral, artéria polar ou ramos acessórios da renal.

 

Captopril :

método:

-          suspender a medicação 72 hs. antes do teste

-          fazer no período da manhã

-          DDH por 1 hora em repouso absoluto

-          dar 25 mg de captopril

-          medir PA a cada 15 minutos por 2 horas

Resultado:

-     queda da PAD 20 mmHg Þ 100% chance de ser HRV

-          queda da PAD10 mmHg Þ  50% chance de ser HRV

 

Captopril com Renina:

 

Mesmo teste onde se mede também a renina sérica pré e pós teste e quando o valor final for 1,5 do inicial = HRV

 

Outros Exames:

Urografia Excretora Þ vemos a ß da filtração renal do lado acometido  

Cintilografia renal com / sem captopril Þ analisa a perfusão renal

Renina da Veia Renal Þ cateterização bilateral das veias renais com a dosagem da renina.

Duplex Scan Þ mais inócuo para o paciente e atualmente com boa acurácia

Angiorressonância com gadolínio Þ mostra a lesão.

Arteriografia Renal Þ mostra a lesão (padrão ouro)

Volta